Manual de Procedimentos | 2015 - page 16

16
INSTRUÇÕES DE LIMPEZA PARA INSTRUMENTAIS
Um dos fatores para o sucesso na instalação de um implante Novo Colosso é a uƟlização de um instrumental preciso e bem conservado. A EmĮls apóia o proĮssional com toda a qualidade e
tecnologia que o instrumental é fabricado uƟlizando matérias primas de alta qualidade e com a máxima precisão. Instrumental bem conservado não signiĮca apenas a segurança ao paciente
e toda a equipe cirúrgica contra infecções, mas também é condição essencial para um tratamento de sucesso! Neste tópico abordaremos formas para a conservação do seu instrumental, pois
a manutenção é simples e é de sua responsabilidade para garanƟr a qualidade e durabilidade de todos os produtos desenvolvidos pela EmĮls.
O processo de limpeza do instrumental pode ser manual ou automáƟco, e envolve, no mínimo, seis etapas básicas:
LIMPEZA PRÉVIA, DESCONTAMINAÇÃO, LAVAGEM, ENXÁGUE,
LUBRIĮCAÇÃO E SECAGEM.
REV03-14/10/2015
1.ª ETAPA:
LIMPEZA PRÉVIA Para limpeza de forma manual, o instrumental deve ser
aberto, desmontado e mergulhado, quando perƟnente, em um recipiente apropriado
contendo água e detergente, preferencialmente enzimáƟco, à temperatura ambiente. A
seguir, deve ser rigorosamente lavado em água corrente, preferencialmente morna.
2.ª ETAPA:
DESCONTAMINAÇÃO Imergir o
instrumental, aberto ou desmontado,
quando perƟnente, em um recipiente
apropriado contendo uma solução de
desinfetante em água, à temperatura
ambiente (desinfecção química), ou em
banho
aquecido
(desinfecção
termo-químico). O tempo de imersão do
instrumental depende tanto da temperatura
de operação, como da diluição e do Tipo de
desinfetante empregado.
4.ª ETAPA:
ENXÁGÜE Após lavagem, o
instrumental
deve
ser
enxaguado,
abundantemente, em água corrente, sendo
que os instrumentos arƟculados devem ser
abertos e fechados algumas vezes durante o
enxágüe. Recomenda-se a uƟlização de água
aquecida para o enxágüe do instrumental.
5.ª ETAPA:
LUBRIFICAÇÃO (para peças
desmontáveis) Após enxágüe, deve-se
assegurar que o instrumental esteja livre de
quaisquer sujidades ou outros resíduos.
Todo instrumental deve ser lubriĮcado,
empregando-se lubriĮcante hidrossolúvel e
não corrosivo, adequado à aplicação
médica, devendo-se dar especial atenção às
juntas do instrumental arƟculado.
6.ª ETAPA:
SECAGEM Recomenda-se:
• quando empregado tecido, que seja
absorvente e macio;
• cada componente de um instrumental
desmontável seja seco isoladamente
• o instrumental que possua lúmen tenha
seu interior completamente seco.
Nota: Especial atenção deve ser dada às
áreas de diİcil acesso, onde pode ocorrer a
retenção de tecidos orgânicos e a deposição
de secreções ou soluções desinfetantes.
3.ª ETAPA:
LAVAGEM As peças devem ser
escovadas, com escova de cerdas macias,
dando-se especial atenção às arƟculações,
serrilhas e cremalheiras. As arƟculações
devem
permanecer
abertas,
sendo
escovadas em ambos os lados, as serrilhas
escovadas em ambos os senƟdos na direção
da própria serrilha e as cremalheiras
escovadas em ambos os senƟdos na direção
dos dentes.
IMPORTANTE:
A qualidade da água é fator fundamental tanto para o processo de
limpeza, quanto para a conservação do instrumental. Como por exemplo: Se na água
conter a presença excessiva de cloretos, isso servirá para a indução do processo de
corrosão do aço inoxidável.
RECOMENDAÇÕES:
Recomenda-se que todo instrumental seja limpo imediatamente
após o procedimento cirúrgico em que for empregado. Em caso de processos
automáƟcos deve-se uƟlizar as instruções do fabricante seguindo-as rigorosamente.
ESTERILIZAÇÃO:
é o procedimento que visa à eliminação total dos microrganismos (vírus,
bactérias, micróbios e fungos), seja na forma vegetaƟva ou esporulada. Esterilização Pelo
Vapor Saturado – Autoclaves
• Em uma autoclave convencional, o instrumental deverá Įcar durante 30 minutos a uma
temperatura de 121°C , quando esta temperatura for aƟngida. Numa autoclave de
autovácuo, este tempo deverá ser de 15 minutos a 134°C , quando esta temperatura for
alcançada.
• Em hipótese alguma, deve-se empregar palhas de aço ou outros produtos abrasivos.
• Todo instrumental cirúrgico e os componentes protéƟcos devem ser submeƟdos à
esterilização, antes de serem uƟlizados.
• A esterilização do instrumental cirúrgico, não é subsƟtuída pela limpeza. Uma vez
esterilizados, os instrumentos cirúrgicos devem ser abertos somente nos Centros
Cirúrgicos, sob condições assépƟcas.
• Peças que possuem borrachas, para conexão com outra peça, não devem ser
autoclavadas ou esterilizadas estando conectadas umas a outras. Exemplo: Broca
conectada ao Prolongador.
CUIDADOS DE ARMAZENAMENTO E TRANSPORTE
Recomenda-se conservar o instrumental cirúrgico ao abrigo da luz, calor e umidade. REF.:
Norma Técnica NBR 14332
ATENÇÃO: NÃO COLE ETIQUETAS E NÃO ESCREVA NO KIT
INDICAÇÕES:
Acomodar instrumentos para esterilização, manuseio e transporte dos mesmos.
INSTRUÇÃO DE USO:
Para abrir o Estojo Para Esterilização, as travas laterais devem ser desaƟvadas com a
ajuda dos dedos polegar e indicador de cada mão simultaneamente; abrir e acomodar
os materiais que deseja autoclavar.
LIMPEZA:
A remoção de matéria orgânica deve ser feita em cubas ultrassônicas, uƟlizando
detergente enzimáƟco (mínimo três enzimas) em diluição recomendada pelo fabricante.
Após lavar em água corrente e observar a presença de resíduos, repeƟr o processo, caso
persista, remover através de limpeza manual.
DESINFECÇÃO:
UƟlizar solução de ácido peracéƟco a 0,2% por dez minutos.
ESTERILIZAÇÃO:
Deverá ser feita através de autoclave, com temperatura 121°C a 135°C, observando as
recomendações do manual de instruções do fabricante da autoclave. RepeƟr o processo
a cada uso. Atenção: Evite contato com produtos químicos (solvente, hidrocarbonetos
clorados), pois pode resultar em deterioração.
ACONDICIONAMENTO:
Acondicionar o produto em local exclusivo, em armários fechados, protegidos de poeira
e insetos.
COMPOSIÇÃO:
Polímero e Silicone Atóxico.
PRECAUÇÃO:
Esterilizar antes de usar. Não encostar o produto nas paredes internas da autoclave.
PRAZO DE VALIDADE DO PRODUTO:
05 anos a contar da data de fabricação, em embalagem não violada. 0 prazo de vida úƟl
deste produto depende dos cuidados tomados durante sua uƟlização. Sucessivas
uƟlizações e esterilizações provocam a fadiga do material e limitam a vida úƟl. VeriĮque
a condição deste produto antes de cada uso e faça a aquisição de um novo se observar
fadiga excessiva ou risco de quebra.
INSTRUÇÕES DE LIMPEZA ESTOJO AUTOCLAVÁVEL
(Recomendação do Fabricante)
1...,6,7,8,9,10,11,12,13,14,15 17,18,19,20,21,22,23,24,25,26,...160
Powered by FlippingBook